E-Flix se torna Netshoes Miners para disputa do CBLOL e LBFF

A Netshoes anunciou hoje (24) o lançamento do Netshoes Miners, organização com novos times que disputarão torneios de Free Fire e League of Legends. As line-ups se juntam à já existente NSE, equipe que já disputa FIFA e a uma nova vertical do e-commerce, que ganhará uma área dedicada aos games.

O time estreia disputando no próximo Split do Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLOL) e na Liga Brasileira de Free Fire (LBFF). Ao todo, o Netshoes Miners contará com 32 atletas entre os times dos três jogos, com a promessa de formações extremamente competitivas e desafiadoras aos maiores nomes do cenário nacional.

A NSE já havia recebido atenção em competições de FIFA. Pela organização, já passou grandes nomes do cenário como Wendell Lira, ex-jogador de futebol e atual pro-player de FIFA, e Rafifa, um dos principais nomes da categoria.

A ideia é colocar o histórico de empresas como Netshoes e Magazine Luiza em campo, trazendo mais prestígio aos times e o financiamento necessário para garantir a estrutura adequada para treinamento e concentração, essenciais para a obtenção de resultados melhores.

As equipes têm origem no Cruzeiro eSports, que esteve entre os sete melhores times de League of Legends do Brasil e top 3 entre as equipes de Free Fire. Segundo Marcelo Fadul, diretor-executivo do novo time, a NSE quer trazer diversidade:

"Queremos trazer uma menina para ser a primeira a disputar o campeonato mundial de FIFA", afirma Fadul, que também promete incentivar a presença feminina e transexual nas equipes e Free Fire e League of Legends"

Outra curiosidade, é o nome "Miners" que o time leva, com o foco de visar no público de Minas Gerais. O que vocês acharam?

Start

Lucas Gomes

Olá, meu nome é Lucas Gomes, sou criador de conteúdo e redator.

Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem