Fãs alegam que os troféus obtidos por The Last of Us: Parte II foram manipulados

 A controvérsia e The Last of Us: Parte IIcontinuam a andar de mãos dadas, depois de um lançamento no mínimo caótico, o jogo entrou na história como o titulo que mais troféus arrecadou nos The Game Awards até à presente data. The Last of Us Parte II, venceu sete das nove categorias para as quais foi indicado, Jogo do Ano, Melhor Direção, Melhor Narrativa, Melhor Jogo de Ação e Aventura, Melhor Design de Áudio, Melhor Performance, e Inovação em Acessibilidade. Anteriormente também recebeu 6 troféus nos Golden Joysticks Awards.

A aventura de Ellie e Abby, destronou os anteriores recordes ocupados pelas edições dos The Game Awards de 2018, com Red Dead Redemption 2, e Disco Elysium em 2019, que receberam quatro troféus respetivamente.

Estes desenvolvimentos como não podiam deixar ser geraram ainda mais polémica no jogo, vários fãs dedicaram-se a espalhar nas redes sociais as práticas anteriormente expostas no desenvolvimento do titulo de Neil Druckmann, e que representam paradoxos nos troféus obtidos, alguns até vão mais longe e comparam estúdios ou entidades que estiveram em disputa como foi o caso da Supergiant Games, com Hades.

As publicações sublinham o crunch que a Naughty Dog, forçou nos seus empregados, ameaças, casos de assédio sexual, e pagamentos em falta, ou sejam, casos completamente inversos de alguns troféus recebidos. Se não fossem bastantes, a escolha dos fãs, também não recaiu neste jogo, mas sim na aventura produzida pela Sucker PunchGhost of Tsushima. Todos estes desenvolvimentos levaram a muitos entusiastas de videojogos a apagarem esta edição dos seus livros de história, por afirmarem que foi manipulada e considerarem a credibilidade destes troféus e do próprio jogo.

Qual a vossa posição quanto aos troféus obtidos pelo jogo da PlayStation 4? Acreditam que foram merecidos, ou manipulados?

Fonte: Acesse Aqui!

Vicente Neto

Sou redator de notícias do site. Estudante de Sistema de Informação pela a UFC, curto animes, mangás e games desde os 15 anos, meu primeiro anime foi Sword Art Online. Sou programado e nas horas vagas design gráfico e editor de vídeos. facebook instagram twitter linkedin

Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem