LBFF 2021: título do Fluxo tem choro de Cerol e promessa para mundial

Campeão da LBFF 4, o Fluxo teve motivos de sobra para comemorar o grande feito. A organização fundada por Bruno "Nobru" e Lucio "Cerol" em janeiro já ganhou o primeiro título de expressão logo na sua estreia pela elite do Free Fire. Em conversa com a equipe da transmissão oficial do torneio após a final, o elenco do Fluxo falou sobre diversos assuntos, tendo como destaque o trabalho junto a psicóloga Natalia Zakalski - ainda mais quando o time fez uma queda zerada de pontos - e até promessa para o mundial, que será disputado em Singapura, entre os dias 22 e 29 de maio.

- Tem que respeitar. É um mês dessa organização aqui junto com o Cerolzera e a molecada. Esquece, é só vapo - comentou Nobru.

Considerado o maior nome do Free Fire no Brasil, Nobru rapidamente relembrou a trajetória até a criação do Fluxo. Ele fez história pelo Corinthians, acabou se desligando da org e pensou muito antes de dar o próximo passo na carreira.

- Acho que há um ou dois anos atrás eu não imaginaria isso. Teve o convite do Corinthians, que foi aquela famosa proposta irrecusável, mas a vida é isso, é feita de desafios. Eu e o Cerol recebemos diversos convites. Mas pensamos...

- Nós temos potencial para criar o nosso, e com a carinha da comunidade, então fomos pra cima. Isso que é o Fluxo.

Se Nobru é fundador e atleta do Fluxo, Cerol se lançou pela org nova apenas como fundador. Durante a transmissão oficial, ele exaltou a força do projeto e chegou a se emocionar indo às lágrimas. Depois, em nota, ele detalhou mais sobre todo esse sentimento de conquista.

- Esse é um momento marcante nas nossas carreiras, tanto na minha quanto na do Nobru. A comunidade nos conhece, sabe o quanto lutamos, trabalhamos e nossa vontade de vencer. Nosso sentimento é realmente inexplicável. Quando criamos o Fluxo, sonhávamos em ser campeões e nós conseguimos!

- Isso mostra para toda a comunidade que é possível vencer mesmo vindo de baixo, é só acreditar em seus sonhos.

Controle emocional e foco no mundial

Nobru reforçou a importância da psicóloga Natalia Zakalski durante a final da LBFF 4. O time atravessou por um momento delicado em meio às últimas quedas, quando acabou somando nenhum ponto na oitava rodada.

- Quando chegou a oitava queda, que zeramos, querendo ou não todo mundo tomou um choque de realidade... O mais importante do competitivo é saber resetar. E foi o que fizemos.

Quem também exaltou o controle emocional da equipe foi o técnico MestreK9, que, com o título da LBFF 4, se livrou de uma sina de sempre ter ficado no quase em duas edições passadas pela Vivo Keyd.

- Me sinto realizado. Se eu não fui campeão era por que não era pra ser. Ele guardou para mim agora, junto com os meninos que eu criei.

E ele aproveitou o momento para acabar com qualquer rótulo de "zikado" após o duplo vice-campeonato pela VK.

- Zika é o meu p*.

Quem também comemorou bastante o título foi Gabriel "Syaz", que estreou pelo competitivo de Free Fire nessa LBFF 4.

- Quando cheguei no competitivo era só pedra. Junto com a experiência dos meus companheiros, evolui muito. Estou tremendo. O futuro eu espero ser campeão mundial.

E falando no mundial, Jonatha "JapaBKR" fez uma promessa para a torcida do Fluxo. 

- A gente vai focado para o Mundial. Vou orar muito para que o evento aconteça.

- Vamos igual fomos para a final e seremos campeões. Anote aí.

GE E-sports

Vicente Neto

Sou redator de notícias do site. Estudante de Sistema de Informação pela a UFC, curte animes, mangás e games desde os 15 anos, meu primeiro anime foi Sword Art Online. Sou programado e nas horas vagas design gráfico e editor de vídeos. facebook instagram twitter linkedin

Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem