VALORANT: Asuna recebe ameaças de morte por provocações contra Havan Liberty

100 Thieves foi algoz da Havan Liberty pelo VALORANT Masters Berlin, em uma partida na qual a equipe norte-americana provocou bastante os brasileiros. Algumas das zoações irritaram os torcedores a ponto de parte deles ameaçarem Peter “Asuna” Mazuryk de morte.

As ameaças foram feitas em resposta a um clipe do jogador publicado no Twitter pela analista Yinsu Collins. Vendo a gravidade dos comentários que recebia, a profissional optou por excluir o lance da rede social.

“Não posso acreditar que tenho que dizer isso, mas pelo amor de Deus, não enviem ameaças de morte aos jogadores por ser divertirem. Controlem-se”, escreveu Collins no Twitter.

“Irei me limitar a não revelar muito sobre o que os jogadores dizem agora, porque não podemos ter coisas legais que uma grande quantidade de indivíduos irá recorrer a atitudes ridículas sem razão alguma. Se você é alguém que faz isso, saiba que você é uma decepção e uma má pessoa.”

O clipe apagado pela analista trazia a comunicação da 100 Thieves durante a partida contra Havan Liberty e nelem pode ser visto Asuna brincando de que a equipe brasileira estava desperdiçando tempo ao pedir pausa tática.

Apesar das ameaças de mortes que sofreu na publicação da analista do VALORANT, Asuna e os demais jogadores da 100 Thieves rasgaram elogios à Havan Liberty.

“Boa sorte, você só tem 16 anos e já está em Berlim. Continue assim e será um dos melhores. Espero ver você por muitos anos nesses eventos”, disse Asuna a Felipe “liazzi” Galiazzi.

100 Thieves, inclusive, já se encontra classificada para o mata-mata da competição, enquanto Havan Liberty precisará duelar contra Crazy Raccoon (Japão) em busca da sobrevivência no Masters.

The Clutch

Lucas Gomes

Olá, meu nome é Lucas Gomes, sou criador de conteúdo e redator.

Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem