Comiket 99 agora requer prova de vacinação ou teste de PCR negativo

O Japão deu um pequeno passo para trás ao permitir que a liberdade prevaleça, já que o próximo Comiket 99 agora exige que os participantes apresentem seu crachá amarelo da versão médica ou um teste de PCR para eliminar a infecção potencial, e muitos podem questionar se acabarão exigindo apenas vacinação completa.

Os responsáveis ​​pelo local declararam anteriormente que não exigiriam que os participantes fossem vacinados contra o Coronavírus, pois respeitavam o direito das pessoas de escolher, mas parece que sua perspectiva foi agora descartada.

Os participantes que fornecerem prova de seu status de vacinação receberão uma pulseira com sua temperatura e o status mencionado nela, e sugere-se que os testes de PCR no Japão podem ser potencialmente muito caros.

O local terá um máximo de 55.000 participantes por dia do evento, o que é muito menor do que o número normal de participantes do Comiket quando o golpe do Coronavírus não estava sendo espalhado.

Os ingressos de atendimento geral serão vendidos antes do evento e se as vendas excederem 55.000, o sorteio irá para uma loteria, um "ingresso de admissão antecipada" eventualmente ficará acessível em um momento não determinado e os cosplayers terão que comprar um ingresso separado para acesso aos vestiários.

O Doujin Halls e os estandes corporativos aparentemente serão divididos através de ingressos também, e os participantes terão limitações para se mover entre os dois.

Redação

Redação geral do mundo dos otakus 🕹💻📄🇧🇷

Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem