CD Projekt pode ser punida por governo polonês caso não corrija Cyberpunk 2077

O lançamento conturbado - para dizer o mínimo - de Cyberpunk 2077 continua a refletir negativamente na CD Projekt, que além de perder boa parte da confiança de seus consumidores já enfrenta uma ação legal coletiva de investidores revoltados.

Agora, a empresa está na mira de uma nova e poderosa entidade: o governo polonês.

De acordo com o jornal Dziennik Gazeta Prawna (via DualShockers), o Escritório de Competição e Proteção ao Consumidor da Polônia indica que a CD Projekt receberá uma punição significativa caso não corrija os grandes problemas do jogo, podendo ser multada em até 10% de seu faturamento no ano anterior.

"Vamos checar como a fabricante está trabalhando para introduzir correções ou resolver dificuldades que impeçam o jogo de ser jogado em diferentes consoles, mas também como pretende atuar em relação às pessoas que reclamaram e estão insatisfeitas com a compra devido à inabilidade de jogar o game em seu equipamento apesar das garantias anteriores da companhia", diz a declaração de representante do órgão.

Sendo assim, os patches e correções também passaram por uma análise do governo para garantir que o processo esteja seguindo corretamente e resolvendo os problemas do público do jogo.

Apesar de sua remoção da PlayStation Store e política de reembolso, a CD Projekt diz que Cyberpunk 2077 vendeu mais de 13 milhões de cópias desde o lançamento.

Por The Enemy

Vicente Neto

Sou redator de notícias do site. Estudante de Sistema de Informação pela a UFC, curte animes, mangás e games desde os 15 anos, meu primeiro anime foi Sword Art Online. Sou programado e nas horas vagas design gráfico e editor de vídeos. facebook instagram twitter linkedin

Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem