Um mangaká revelou que ganha mais dinheiro fazendo hentai

Há muito tempo e dito que alguns artistas de mangá e de animação ganham muito mais dinheiro fazendo hentai doujin do que em seu campo principal, hoje houve um novo caso, onde o usuário @Gouranga fala sobre sua experiência de ganhar muito mais dinheiro fazendo doujin, do que antes fazendo apenas mangá.

O tweet diz o seguinte:

Nos últimos anos, venho tentando apoiar o escritor para que ele possa se dedicar à serialização para que possa comer sozinho antes de lançar a serialização.

Ele fala sobre como tentou apoiar financeiramente vários artistas nos últimos anos, até que alcancem a serialização e não morre-se de fome no processo.

O tweet diz o seguinte:

Nos últimos cinco anos, os serviços que apoiam as atividades de artistas individuais foram aprimorados. Além das vendas em consignação douujinshi tradicionais, como Toranoana e Melon Books, faça download de vendas como FANZA e DLsite. Suporta sites como Fantia e pixiv FANBOX. Como resultado do aumento de serviços de solicitação paga como skeb, o ambiente criativo mudou drasticamente.

Segundo o usuário, hoje ele recebe mais vendendo doujin, do que publicando manga normalmente em revista, e que a indústria mudou, fazendo serviços que apoiam artistas individuais, como Tora no Ana, FANZA, DLsite, além de serviços de assinatura como Fantia, pixivFANBOX, etc., tornaram-se mais conhecidos e estáveis.

Algo que surpreende a muitos, já que o nível de qualidade em muitas ocasiões costuma ser o mesmo para ambos.

Um autor respondeu ao comentário do usuário mencionando que ele às vezes queria deixar o doujin para continuar fazendo seu trabalho principal, mas como ele ganha o dobro fazendo um doujin, ele teve que deixar a criação do mangá como algo secundário.

O tweet diz o seguinte:

Isso já é dito há muito tempo. Quando um editor disse a um cartunista: "Quero que você dê um tempo na serialização porque o evento douujin está próximo", e perguntou: "Devo priorizar meu negócio principal?" Eu vi uma história que me fez perceber. que a serialização é um trabalho secundário.

Fonte: AnimoSugoi

Vicente Neto

Sou redator de notícias do site. Estudante de Sistema de Informação pela a UFC, curte animes, mangás e games desde os 15 anos, meu primeiro anime foi Sword Art Online. Sou programado e nas horas vagas design gráfico e editor de vídeos. facebook instagram twitter linkedin

Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem